A Organização Social Pró-Saúde pode, pelo prestígio que tem a Igreja Católica e particularmente, D. Orani Tempesta, ficar até o fim dos contratos que lhe garante as administrações de hospitais estaduais, mas, será a última vez. O decreto do governo que regulamenta as assinaturas de contratos com OS, não permitirá que a Pró-Saúde participe de novas licitações.

#prosaude #governodoestado #domoranitempesta

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of