Talvez, pela primeira vez no Pará, o Ministério Público pode conceder o perdão judiciário. A beneficiada será a funcionária da Alepa, Mônica Pinto, que denunciou todo o Esquema criminoso que foi implantado por funcionários e empresários.

#ministeriopublico #alepa #monicapinto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui