O STF determinou que a ex-juíza de Abaetetuba, Clarice Maria de Andrade, que deixou uma menor no xadrez com bandidos comuns, fique sem exercer o cargo por dois anos, mas a meritíssima vai continuar recebendo o salário. Para a maioria da população paraense isto não é punição, são férias e que férias! Sugestão ao STF: Mandar a juíza presidir uma comissão para fazer uma revisão nos processos dos presos que estão nas cadeias, principalmente os vindos do interior que chegam até a serem esquecidos pelos juízes das comarcas dos municípios que os transferem para a capital.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of