Ontem, o Diário do Pará publicou uma notícia que o governador havia fechado negociações para fazer empréstimos com instituições internacionais no montante de R$ 500 milhões. Ora, se o estado tivesse em condições financeiras ruins, o governo federal jamais aprovaria um empréstimo do qual ele seria o fiador.

Artigo anteriorNovidade
Próximo artigoComo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui