Os funcionários da Companhia de Docas do Pará temem pelo futuro da empresa e dizem que as duas últimas diretorias, uma do PT e a atual, esqueceram-se de administrar a Companhia fazendo política o tempo todo, além do que, alguns não conhecem os portos nem de vista. O PR, que deveria ter indicado a diretoria da CDP, passou a missão ao MDB que indicou a diretoria com Parcival na presidência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui