Há 21 anos vivendo em São Paulo, a cantora paraense Railídia fez da saudade do Pará alimento para as cantorias naquela cidade. Nos shows e em rodas de samba na Paulicéia sempre incluiu no repertório músicas que falavam da saudade do seu estado de origem, músicas sobre a cidade de São Paulo e também composições que cantam o Brasil.

“O Pará é a minha casa, e São Paulo também se tornou a minha casa depois de duas décadas vivendo lá. Da mesma forma como acho que o Pará precisa ser mais conhecido e valorizado, o Brasil também precisa ser mais valorizado como a casa dos brasileiros. Vi que essa temática da casa como o nosso lar se refletia através de várias musicas”.

A partir dessa visão a cantora combina um repertório de músicas de autores como Waldemar Henrique, Celso Viáfora, Aldir Blanc e Maurício Tapajós, Chico Sena, Guinga, Carlinhos Vergueiro, Jorge Mautner e o paraense Kazinho (músico veterano que fez carreira em São Paulo).

São músicas que falam de peculiaridades de cada lugar como “Volto pra comer camarão com açaí” (Saudades do Pará), “Lá no Pará é que eu nasci eu sou de mogno e de luz” (Madeira de sangue) ou ainda “minha noite paulistana louca e bailarina” (Noturno Paulistano) e “O Brazil não conhece o Brasil” (Querelas do Brasil).

Sambas, maracatu, baião, marcha-rancho, boi bumbá são alguns dos ritmos que serão apresentados. Railídia se apresenta ao lado do violonista de sete cordas Paulo Godoy, compositor e diretor musical do primeiro cd da cantora, “Cangalha”. No show no Barzin, a intérprete também apresenta algumas canções do Cd, entre elas Boi Urrou, um boi-bumbá do Pará aprendido pela mãe da cantora nas folguedos no bairro da Pedreira nos anos 50.

O show “Canto de Casa” acontece nesta quinta-feira, 17, no Barzin, às 21 horas. No repertório ritmos brasileiros de autores como Chico Sena, Aldir Blanc, Carlinhos Vergueiro, Kazinho e Celso Viáfora, entre outros.

Serviço
Show Canto de Casa – com Railídia e Paulo Godoy.
Dia 17 de janeiro, às 21h, no Barzin.
Venda antecipada de mesa R$ 60,00, pelo fone 98134.7719
Mesa compartilhada R$ 15,00 o lugar, compra na portaria.
O Barzin fica na Generalíssimo, 1772, entre Conselheiro e Gentil.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of